SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2Qualitative evaluation of the menu and plate waste in public day care centers in São Paulo city, BrazilVariance sources and ratios to estimate energy and nutrient intakes in a sample of adolescents from public schools, Natal, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Nutrição

Print version ISSN 1415-5273

Abstract

SILVA, Juliana Rezende Melo da; SCHMITZ, Bethsáida de Abreu Soares; RODRIGUES, Maria de Lourdes Carlos Ferreirinha  and  GABRIEL, Cristine Garcia. Promoção da alimentação saudável: cenário das escolas da capital do Brasil. Rev. Nutr. [online]. 2013, vol.26, n.2, pp.145-158. ISSN 1415-5273.  https://doi.org/10.1590/S1415-52732013000200003.

OBJETIVO: Caracterizar as estratégias de Promoção da Alimentação Saudável em escolas públicas e privadas do Distrito Federal. MÉTODOS: Estudo transversal descritivo-analítico realizado com 122 escolas particulares e 173 públicas. Adaptaram-se os componentes de promoção da saúde no ambiente escolar para o contexto da Promoção da Alimentação Saudável, sendo realizadas entrevistas para a aplicação do instrumento. Os testes utilizados foram: t de Student, coeficiente de correlação de Spearman e teste da razão de verossimilhança (nível de significância p<0,05). RESULTADOS: Apenas uma escola privada de ensino infantil contemplava positivamente 20 dos 24 itens pesquisados. No outro extremo, duas escolas públicas de ensino médio contemplavam apenas três itens. Observou-se correlação positiva entre o número de reuniões com a comunidade escolar para abordar a temática alimentação saudável e a presença de ambientes saudáveis e; entre a presença de ambientes saudáveis e o monitoramento do estado nutricional dos escolares (p<0,01). As escolas que realizavam reuniões acima da média para abordar alimentação saudável possuíam em menor proporção ambulantes e/ou comércios locais próximos (p=0,01). A maioria das escolas que possuíam parceria com profissional de saúde incluía a temática Alimentação Saudável no currículo (p=0,04). CONCLUSÃO: As diversas associações encontradas demonstram a importância e a interdependência dos componentes de Promoção da Alimentação Saudável estudados. As escolas de educação infantil desenvolveram mais estratégias de Promoção da Alimentação Saudável e da saúde em relação às demais modalidades. A maioria das escolas do Distrito Federal precisa de apoio e capacitação para desenvolver-se como Escola Promotora da Saúde, no recorte específico de ações voltadas para a alimentação saudável.

Keywords : Promoção da saúde; Alimentação escolar; Instituições acadêmicas.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License