SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número3Condições físico-funcionais e higiênico-sanitárias das unidades de alimentação e nutrição de escolas da Região Centro-Oeste, BrasilA ingestão simultânea de carboidratos e proteína da ervilha não melhora a recuperação muscular após a realização de exercício extenuante índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Nutrição

versão impressa ISSN 1415-5273

Resumo

FREITAS, Ana Tereza Vaz de Souza et al. Prevalência de desnutrição e fatores associados em pacientes em hemodiálise. Rev. Nutr. [online]. 2014, vol.27, n.3, pp.357-366. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/1415-52732014000300009.

OBJETIVO:

Avaliar a prevalência e os fatores associados à desnutrição em pacientes em hemodiálise.

MÉTODOS:

Estudo transversal com 344 pacientes maiores de 18 anos em hemodiálise em Goiânia, Goiás. A variável dependente, desnutrição, foi obtida por meio da avaliação subjetiva global. As variáveis independentes envolveram aspectos socioeconômicos, demográficos, estilo de vida, história clínica, ingestão energética e proteica. Realizaram-se antropometria e exames laboratoriais. A análise dos fatores associados foi realizada por regressão de Poisson múltipla (p<0,05).

RESULTADOS:

A prevalência de desnutrição leve ou moderada foi constatada em 22,4% dos pacientes. Os pacientes desnutridos apresentaram menor índice de massa corporal, menor circunferência muscular do braço, menor porcentagem de gordura corporal, menor valor de creatinina sérica (p<0,001) e nPNA (p=0,001).O resultado final da análi-se multivariada identificou os fatores associados à desnutrição: idade de 19 a 29 anos (RP=1,23; IC95%=1,06-1,43), renda familiar <2 salários-mínimos (RP=1,13; IC95%=1,01-1,27), tempo em HD >60 meses (RP=1,08; IC95%=1,01-1,16), Kt/V >1,2 (RP=1,12; IC95%=1,03-1,22), ingestão calórica inferior a 35 kcal/kg/dia (RP=1,22; IC95%=1,10-1,34) e nPNA <1,0 g/kg/dia (RP=1,13; IC95%=1,05-1,21).

CONCLUSÃO:

Observou-se alta prevalência de desnutrição na população estudada em acordo com o encontrado na literatura. A prevalência foi maior entre os pacientes com idade inferior a 29 anos, renda familiar baixa, maior tempo em hemodiálise, maior Kt/V e ingestão calórica e proteica inadequadas. Estratégias para reverter esta situação devem envolver maior atenção nutricional.

Palavras-chave : Desnutrição; Avaliação nutricional; Diálise renal.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )