SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número6Ingestão alimentar de pacientes em hemodiálise índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Nutrição

versão impressa ISSN 1415-5273

Resumo

MORETTO, Maria Clara; TADONI, Maria Inês; NERI, Anita Liberalesso  e  GUARIENTO, Maria Elena. Associações entre diabetes autorreferido, estado nutricional e variáveis sociodemográficas em idosos comunitários. Rev. Nutr. [online]. 2014, vol.27, n.6, pp.653-664. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/1415-52732014000600001.

Objetivo:

O objetivo deste estudo foi descrever associações entre o diabete melito autorrelatado e seu tratamento, conforme variáveis demográficas, socioeconômicas e indicadores do estado nutricional, em idosos residentes no município de Campinas.

Métodos:

Trata-se de estudo de base populacional, transversal, que faz parte do projeto multicêntrico "Fragilidade em Idosos Brasileiros", conduzido com amostra aleatória composta por 881 idosos (de 65 anos ou mais) do município de Campinas. Os itens autorreferidos utilizados foram: faixa etária, sexo, renda familiar (em salários-mínimos), escolaridade (anos de escolaridade), além de dados dicotômicos (sim versus não) referentes a perda e ganho ponderais, diabetes mellitus e tratamento da doença. O índice de massa corporal foi classificado como: baixo peso <23; eutrofia ≥23 e <28; sobrepeso ≥28 e <30; obesidade ≥30. A relação cintura-quadril, indicadora de adiposidade abdominal, foi classificada conforme o risco metabólico de homens e mulheres, respectivamente: baixo, entre 0.90-0.95 e 0.80-0.85; moderado, entre 0.96-1.00 e 0.86-0.90; alto, >1.00 e >0.90.

Resultados:

Os fatores mais associados ao diabete foram obesidade (OR=2,19), adiposidade abdominal (OR=2,97) e perda ponderal não-intencional (OR=3,38). O não tratamento da doença associou-se a: idade mais avançada (p=0,027), menor nível de escolaridade (p=0,005) e baixo risco metabólico (p=0,004).

Conclusão:

O diabete autorrelatado associou-se com a obesidade, mas principalmente com a adiposidade abdominal e a perda de peso não intencional. O não tratamento do diabete pelo idoso foi associado com idade avançada, baixo nível educacional e reduzida adiposidade abdominal.

Palavras-chave : Idoso; Diabetesmellitus; Estado nutricional.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )