SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número3Confiabilidade e validade do conteúdo de um questionário para avaliar os estágios de mudança de comportamento no estilo de vida escolar, em crianças colombianas: estudo FuprecolAlimentação em escolas públicas de tempo integral: alunos aderem e aceitam? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Nutrição

versão On-line ISSN 1678-9865

Resumo

ANDRE, Hercílio Paulino et al. Fatores associados ao estado nutricional de ferro em crianças brasileiras de 4 a 7 anos. Rev. Nutr. [online]. 2017, vol.30, n.3, pp.345-355. ISSN 1678-9865.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-98652017000300007.

Objetivo

Avaliar fatores associados ao estado nutricional de ferro em crianças brasileiras de 4 a 7 anos de idade, no município de Viçosa, Minas Gerais.

Métodos

Trata-se de um estudo transversal com 357 crianças que foram acompanhadas nos primeiros seis meses de vida, pelo Programa de Apoio à Lactação. Obteve-se informações referentes as condições socioeconômicas, demográficas, práticas alimentares, estado nutricional (estatura/idade e índice de massa corporal/idade), con-centrações de ferritina e de hemoglobina. Realizou-se análise de regressão linear múltipla para avaliar os fatores independentemente associados ao estado nutricional de ferro (hemoglobina e ferritina) considerando-se o nível de significância de α=0,05.

Resultados

As prevalências de anemia e deficiência de ferro foram de (34) 9,52% e (11) 11,00% respectivamente. Os fatores independentemente associados a anemia foram menor idade da criança, menor escolaridade da mãe, baixa estatura para idade em escore-Z, e ser filho de mães solteiras, separadas ou viúvas. A deficiência de ferro foi associada a menor idade da criança e consumo de chocolates/achocolatados.

Conclusão

Os resultados do presente estudo permitem concluir que no município de Viçosa, a anemia apresenta-se como um problema de saúde pública ligeiro em crianças de 4 a 7 anos de idade. Diante desse problema, verifica-se a necessidade de medidas de intervenção voltadas para o grupo infantil. Essas medidas podem ser feitas com a educação alimentar e nutricional, estimulando o consumo dos alimentos fontes de ferro.

Palavras-chave : Anemia; Crianças; Deficiência de ferro; Anemia ferropriva.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )