SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Composição corporal e perfil metabólico na deficiência de vitamina D sérica em adultosIngestão insuficiente de ácido graxo alfa-linolênico (18:3n-3) durante a gestação e fatores associados índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Nutrição

versão On-line ISSN 1678-9865

Resumo

SILVEIRA, Jonas Augusto Cardoso da; MENESES, Sabrina Silva; QUINTANA, Patrícia Teles  e  SANTOS, Valquíria de Souza. Associação entre o excesso de peso e o consumo de alimentos ultraprocessados e bebidas açucaradas por diferentes grupos vegetarianos. Rev. Nutr. [online]. 2017, vol.30, n.4, pp.431-441. ISSN 1678-9865.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-98652017000400003.

Objetivo:

Avaliar o consumo de alimentos ultraprocessados e de bebidas açucaradas entre indivíduos vegetarianos e identificar sua associação com o excesso de peso.

Métodos:

Estudo transversal com método amostral por conveniência, sendo os dados coletados por meio de questionário virtual entre 24/8/2015 e 8/10/2015. A amostra foi composta por indivíduos vegetarianos de ambos os sexos com idade >16 anos. Estudou-se a frequência de consumo de alimentos ultraprocessados e bebidas açucaradas, avaliados por meio de questionário de frequência alimentar, sendo categorizados em função do consumo semanal e diário e do tipo de prática vegetariana. A associação entre excesso de peso e consumo excessivo de alimentos ultraprocessados foi realizada por meio de regressão logística múltipla (RC [IC95%]).

Resultados:

Participaram desta pesquisa 503 indivíduos (29,8±8,5 anos), com predominância do sexo feminino (83,7%). As principais práticas vegetarianas observadas foram a ovolactovegetariana (45,5%) e a vegana (41,7%), sendo a mediana de tempo de adesão ao vegetarianismo de 5,3 anos. Observou-se que o consumo de bebidas açucaradas (≥2x/dia) e alimentos ultraprocessados (≥3x/dia) foi, respectivamente, 21,0% e 16,0%; em relação aos outros grupos, os veganos apresentaram consumo inferior de alimentos ultraprocessados e bebidas açucaradas. No modelo múltiplo, identificou-se que consumo ≥3x/dia de alimentos ultraprocessados (2,33 [1,36-4,03]), sexo masculino (1,73 [1,01-2,96]), idade ≥35 anos (2,03 [1,23-3,36]) e não preparar as refeições em casa (1,67 [0,95-2,94]) se associaram independentemente com excesso de peso.

Conclusão:

Embora o vegetarianismo seja frequentemente associado à alimentação saudável e, consequentemente, à pre-venção de desfechos desfavoráveis a saúde, este estudo identificou frequência elevada do consumo diário excessivo de bebidas açucaradas e alimentos ultraprocessados e que este padrão de consumo se associou ao excesso de peso.

Palavras-chave : Dieta vegetariana; Consumo de alimentos; Obesidade; Sobrepeso.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )