SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Ingestão insuficiente de ácido graxo alfa-linolênico (18:3n-3) durante a gestação e fatores associadosDesjejum dos adolescentes brasileiros: análise do Inquérito Nacional de Alimentação 2008-2009 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Nutrição

versão On-line ISSN 1678-9865

Resumo

MARQUES, Priscila Francisco et al. Avaliação do estado nutricional e do crescimento em crianças e adolescentes com obstrução extra-hepática de veia porta e hipertensão portal. Rev. Nutr. [online]. 2017, vol.30, n.4, pp.455-461. ISSN 1678-9865.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-98652017000400005.

Objetivo:

Este estudo tem como objetivo avaliar a ingestão alimentar, o estado nutricional e a taxa de crescimento de crianças e adolescentes com obstrução extra-hepática de veia porta e hipertensão portal.

Métodos:

Pacientes ambulatoriais com idades entre 1 e 18 anos, diagnóstico de obstrução extra-hepática de veia porta e hipertensão portal, sem patologias associadas e que não foram submetidos a um shunt venoso, foram incluídos neste estudo. O estudo compreendeu duas avaliações, no início (avaliação 1) e uma avaliação final (avaliação 2) com um intervalo mínimo de três meses entre ambos. Cada avaliação analisou a ingestão dietética comparando os resultados com as recomendações de energia usando a equação de Harris & Benedict e os dados antropométricos dos participantes, tais como peso, altura, circunferência muscular do braço, peso por idade, altura por idade e índice de massa corpórea por idade utilizando a norma da Organização Mundial da Saúde de 2006.

Resultados:

Participaram do estudo 22 pacientes. Foi observada uma melhora significativa entre a primeira e a segunda avaliação para as medidas de peso, estatura, índice de massa corporal e circunferência muscular do braço (p<0,001; p<0,001; p<0,017; p=0,0018, respectivamente) e a relação de ingestão dietética e recomendação energética equação de Harris & Benedict (p=0,0001).

Conclusão:

Obstrução extra-hepática de veia porta e hipertensão portal não se mostraram como fatores predisponentes para desnutrição em nosso estudo.

Palavras-chave : Criança; Retardo de crescimento; Veia porta..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )