SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número4Informações sobre nutrição entre adultos e idosos usuários da Atenção Primária de Saúde: ocorrência, fatores associados e fontes de informaçãoAvaliação da atenção nutricional ao excesso de peso sob a ótica da integralidade em saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Nutrição

versão On-line ISSN 1678-9865

Resumo

PIRES, Patrícia Fernanda Ferreira et al. Atuação do nutricionista no Programa Nacional de Alimentação escolar: estudo de casos múltiplos. Rev. Nutr. [online]. 2017, vol.30, n.4, pp.499-510. ISSN 1678-9865.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-98652017000400009.

Objetivo:

Verificar a adequação dos parâmetros numéricos de nutricionistas na alimentação escolar e discutir limites e possibilidades da atuação profissional no Programa de Alimentação Escolar em municípios do Vale do Ivaí, Norte do Paraná.

Métodos:

Estudo de casos múltiplos realizado por meio de entrevista semiestruturada com nutricionistas da alimentação escolar de nove municípios do Vale do Ivaí. A Resolução nº 465/2010, do Conselho Federal de Nutricionistas, foi utilizada como base para cálculo da adequação da carga horária do nutricionista. A legislação do Programa Nacional de Alimentação Escolar foi utilizada para discussão da atuação profissional.

Resultados:

Os municípios contavam com nutricionista responsável técnico pelo Programa de Alimentação Escolar, porém, o percentual de adequação da carga horária variou de 20 a 66%. Foram evidenciadas atividades de gestão, licitação e contabilidade, além das atribuições do nutricionista previstas para o Programa. A maioria dos nutri-cionistas também atendia a outras áreas dos municípios, como saúde, social e eventos, o que sugere um comprometimento das atribuições do profissional e, consequentemente, da execução do Programa.

Conclusão:

O número de nutricionistas no Programa Nacional de Alimentação Escolar nos municípios investigados é insuficiente em relação ao número de alunos. A carga horária insuficiente e a demanda excessiva de atividades podem impedir que o desenvolvimento de atividades privativas do nutricionista. A contratação de técnicos em nutrição e dietética e auxiliares administrativos para tarefas burocráticas deve ser incitada.

Palavras-chave : Nutricionistas; Legislação como assunto; Prática profissional; Alimentação escolar..

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf epdf )