SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue3Evaluation of the resistance to traction of orthodontic devices - bracket, bouton and frame - bonded in premolar with autopolimerizable resin. "in vitro" studyTransversal growth and development of the jaws - news opportunities for mandibular expansion author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Dental Press de Ortodontia e Ortopedia Facial

On-line version ISSN 1980-5500

Abstract

SILVA, Alcion Alves; CARLINI, João Luiz  and  KUSMA, Solena Ziemer. Controle químico da microflora oral em pacientes fissurados labiopalatais durante o tratamento ortodôntico-cirúrgico: estudo piloto. Rev. Dent. Press Ortodon. Ortop. Facial [online]. 2004, vol.9, n.3, pp.116-121. ISSN 1980-5500.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-54192004000300012.

O risco de infecção é uma preocupação durante o tratamento ortodôntico-cirúrgico, principalmente em pacientes como os fissurados lábio palatais, pois as condições anatômicas e oclusais contribuem para a proliferação microbiana. Métodos manuais para o controle da microflora oral são muitas vezes insuficientes para a obtenção de uma higiene satisfatória. Técnicas alternativas, como agentes químicos, têm sido propostas como procedimentos auxiliares. O objetivo deste estudo foi comparar a eficiência de dois agentes químicos como auxiliares no controle da microflora, em pacientes ortodôntico-cirúrgicos (fissurados lábio-palatais). O delineamento da pesquisa foi um estudo exploratório, microbiológico (piloto), duplo-cego, para testar os seguintes agentes químicos: triclosan 0,03% (Plax-Colgate Palmolive) e clorexidina digluconada 0,12% (Duplak-Herpro/Dentsply). A amostra foi composta por 30 voluntários divididos em 3 grupos: Grupo I (controle), Grupo II (teste _ clorexidina digluconada 0,12%) e Grupo III (teste _ triclosan 0,03%). Todos os grupos receberam orientação de higiene bucal prévia à primeira coleta de material. Depois de sete dias de uso dos agentes químicos uma segunda coleta foi realizada e o uso do agente foi suspenso. Uma terceira coleta foi realizada após sete dias a partir da suspensão do agente. A técnica semiquantitativa proposta por Pilonetto e Pilonetto20 foi adotada para avaliar o crescimento de colônias bacterianas. Os resultados mostraram diferenças entre a eficácia dos agentes químicos, sendo que o Grupo II mostrou uma redução mais significativa da microflora quando comparado ao grupo III.

Keywords : Controle químico; Microflora oral; Orto-cirurgia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License