SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número5Expansão rápida da maxila: análise da densidade radiográfica da sutura palatina mediana e sua correlação nos estágios de neoformação óssea, por meio de imagem digitalizadaExpansão maxilar em adultos e adolescentes com maturação esquelética avançada índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Dental Press de Ortodontia e Ortopedia Facial

versão impressa ISSN 1415-5419

Resumo

MATTA, Edgard Norões Rodrigues da; SOUZA, Margareth Maria Gomes de; SANT'ANNA, Eduardo Franzotti de  e  SILVA, Silvio Chagas da. Avaliação por tomografia computadorizada helicoidal dos efeitos da expansão rápida da maxila no posicionamento condilar em pacientes com mordida cruzada posterior funcional. Rev. Dent. Press Ortodon. Ortop. Facial [online]. 2009, vol.14, n.5, pp. 40e1-40e9. ISSN 1415-5419.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-54192009000500007.

OBJETIVO: este estudo clínico avaliou, por meio da tomografia computadorizada helicoidal, os efeitos da expansão rápida da maxila no posicionamento condilar de pacientes com mordida cruzada posterior funcional na fase da dentadura mista. MÉTODOS: dez pacientes com faixa etária entre os 7 anos e 2 meses e os 11 anos e 2 meses - apresentando mordida cruzada posterior funcional, com desvio da linha média de pelo menos 2,5mm para o lado do cruzamento - foram tratados com expansão rápida da maxila. Após a obtenção de cortes tomográficos sagitais da articulação temporomandibular, as medidas dos espaços articulares anterior, posterior e superior foram realizadas e o posicionamento relativo do côndilo foi calculado. Utilizando-se cortes tomográficos axiais, avaliou-se o posicionamento anteroposterior e transversal dos côndilos em relação às estruturas da base craniana. RESULTADOS: foram identificadas diferenças significativas, antes do tratamento, entre os espaços articulares posteriores, na posição relativa do côndilo e um posicionamento mais anterior e mais próximo ao plano sagital mediano do côndilo do lado não-cruzado. Após o tratamento, não foram evidenciadas diferenças significativas nessas medidas. CONCLUSÕES: após a expansão rápida da maxila, um posicionamento mais centralizado dos côndilos nas fossas articulares foi observado, além de uma maior simetria anteroposterior e transversal entre os mesmos.

Palavras-chave : Mordida cruzada funcional; ATM; Tomografia computadorizada.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português