SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue4Development of a Quantitative Food Frequency Questionnaire (QFFQ) for a breast cancer and diet case-control study in Joao Pessoa -PBEnvironmental Health & Worker's Health: a promising approach between the Green and the Red author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

ACHCAR, Jorge Alberto  and  RUFFINO NETTO, Antonio. Estudo da prevalência da tuberculose: uso de métodos bayesianos. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2003, vol.6, n.4, pp. 380-387. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2003000400012.

Neste artigo, apresentamos estimadores bayesianos para a prevalência de tuberculose usando métodos computacionais de simulação de amostras da distribuição a posteriori de interesse. Em especial, consideramos o uso do amostrador de Gibbs para simular amostras da distribuição a posteriori, e daí encontramos, em uma forma simples, inferências precisas para a prevalência de tuberculose. Em uma aplicação, analisamos os resultados do exame de Rx do tórax no diagnóstico da tuberculose. Com essa aplicação, verificamos que os estimadores bayesianos são simples de se obter e apresentam grande precisão. O uso de métodos computacionais para simulação de amostras como o caso do amostrador de Gibbs tem sido recentemente muito utilizado para análise bayesiana de modelos em bioestatística. Essas técnicas de simulação usando o amostrador de Gibbs são facilmente implementadas e não exigem muito conhecimento computacional, podendo ser programadas em qualquer software disponível. Além disso, essas técnicas podem ser consideradas para o estudo da prevalência de outras doenças.

Keywords : Prevalência de tuberculose; Análise bayesiana; Amostrador de Gibbs.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese