SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue4Cancer mortality trends in 10 Brazilian capitals, 1980 - 2000Prevalence of dental fluorosis in 12 year-old schoolchildren, Ouro Preto/MG - 2003 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790XOn-line version ISSN 1980-5497

Abstract

SARACENI, Valéria; VELLOZO, Vitória; LEAL, Maria do Carmo  and  HARTZ, Zulmira Maria de Araújo. Estudo de confiabilidade do SINAN a partir das Campanhas para a Eliminação da Sífilis Congênita no Município do Rio de Janeiro. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2005, vol.8, n.4, pp.419-424. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2005000400010.

A partir da construção da base de dados das Campanhas para a Eliminação da Sífilis Congênita, realizadas no Município do Rio de Janeiro em 1999 e 2000, estabeleceu-se a confiabilidade dos dados informados ao Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN). Procedeu-se também a um estudo da qualidade do preenchimento das variáveis, que são as informações solicitadas para a notificação do caso. O percentual de concordância simples para a variável número de consultas de pré-natal foi de 91% e 92,1% e para a variável sífilis na gravidez foi de 62,7% e 76,3%, para os anos de 1999 e 2000, respectivamente. A concordância para as variáveis idade da mãe, data do tratamento e tipo de tratamento foi estabelecida pelo coeficiente kappa. A variável idade apresentou excelente concordância. Contudo, as outras duas resultaram em baixa concordância para os dois anos estudados. Em relação à qualidade, variáveis importantes como realização do primeiro VDRL, do segundo VDRL e a idade gestacional no tratamento, apresentaram percentuais de caselas vazias/ignoradas superiores a 20%. O estudo da confiabilidade entre a base primária das campanhas e o SINAN-SC corrobora a necessidade de desenvolver estratégias para aprimorar a qualidade do último nos vários níveis dos sistemas de saúde. A mudança da definição de caso de sífilis congênita, realizada em 2004, e a introdução do Curso Básico de Vigilância Epidemiológica para sífilis na gestação e sífilis congênita devem contribuir para o aprimoramento do sistema.

Keywords : Confiabilidade; Vigilância epidemiológica; Sífilis congênita.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License