SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número1Estudo descritivo das alterações posturais de coluna vertebral em escolares de 10 a 16 anos de idade: Tangará-SC, 2004Exame citopatológico de colo uterino em mulheres com idade entre 20 e 59 anos em Pelotas, RS: prevalência, foco e fatores associados à sua não realização índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Epidemiologia

versão On-line ISSN 1980-5497

Resumo

MACIEL, Álvaro Campos Cavalcanti; FERNANDES, Mariana Barros  e  MEDEIROS, Luciana Souto. Prevalência e fatores associados à sintomatologia dolorosa entre profissionais da indústria têxtil. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2006, vol.9, n.1, pp. 94-102. ISSN 1980-5497.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2006000100012.

O trabalho tem um papel importante na vida do homem, pois, além de ser fonte do seu sustento, é onde ele pode sentir-se útil, produtivo e valorizado. Entretanto, quando realizado sob condições impróprias, pode provocar diversos níveis de prejuízo à saúde, como a dor músculo-esquelética, que é caracterizada ainda por possuir origem multifatorial. Desta forma, foi realizado um estudo transversal objetivando analisar a influência dos fatores sociodemográficos e aspectos relacionados ao trabalho e às condições de saúde sobre a sintomatologia dolorosa, em profissionais do setor têxtil. A amostra foi constituída de 162 funcionários que trabalhavam com corte-costura na divisão industrial da ACT (Associação Comunitária para o desenvolvimento do Trairi) no município de Santa Cruz - RN, Brasil. Após análise bivariada e multivariada observou-se associação independente da sintomatologia dolorosa com as variáveis sexo feminino (p= 0,013), tempo de ocupação há mais de seis meses (p= 0,005), presença de outros problemas de saúde (p= 0,002) e trabalhar em pé (p = 0,001). Nesse contexto, pode-se concluir que houve uma alta prevalência de dor entre os profissionais estudados, e que esta possui associação significativa com vários aspectos relacionados ao trabalho, e alguns fatores sociodemográficos e de saúde, sendo portanto necessária uma atuação interdisciplinar, multiprofissional e intersetorial, de forma a interferir positivamente no processo de trabalho e na saúde do trabalhador.

Palavras-chave : Saúde Ocupacional; Sintomatologia dolorosa; Indústria Têxtil; LER/DORT; Saúde do trabalhador.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português