SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número3Absenteísmo-doença entre profissionais de enfermagem da rede básica do SUS CampinasLesão única como indicador de monitoramento de tendência de eliminação da hanseníase em áreas hiperendêmicas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Epidemiologia

versão impressa ISSN 1415-790X

Resumo

CHIARA, Vera Lucia; BARROS, Maria-Elisa; COSTA, Luciane Pires  e  MARTINS, Patrícia Dias. Redução de lista de alimentos para questionário de freqüência alimentar: questões metodológicas na construção. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2007, vol.10, n.3, pp. 410-420. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2007000300012.

OBJETIVO: Reduzir lista de alimentos de um questionário de freqüência alimentar semiquantitativo através de diversas estratégias metodológicas, mantendo-se a capacidade de análise do consumo de energia, proteínas, glicídios, lipídeos, cálcio e ferro. MÉTODOS: Utilizou-se um questionário de freqüência semiquantitativo com 80 itens alimentares respondidos por 224 meninas (12-19 anos). Reduziu-se a lista por regressão linear múltipla, freqüência de consumo e composição nutricional dos alimentos. Analisou-se por teste t de Student, sensibilidade de distribuição das adolescentes por quartis de consumo, coeficiente Kappa e modelos de regressão. RESULTADOS: Os alimentos incluídos apresentaram coeficiente de regressão positivo, com valor de F significativo (P<0,001). As variâncias totais dos modelos foram superiores a 0,87, com alguns alimentos não apresentando plausibilidade nos modelos. Selecionaram-se 32 alimentos dos modelos e 37 dentre os freqüentemente consumidos. Os dois critérios apresentaram alguns alimentos distintos; quando os mesmos foram integrados, obtiveram-se 40 alimentos para lista reduzida. As médias de consumo não diferiram entre a lista integral e a reduzida. As análises de sensibilidade variaram entre 85% e 100%. O grau de concordância foi significativo para todos os fatores dietéticos. Os modelos de regressão com a lista reduzida mantiveram variâncias totais acima de 0,85 e alimentos semelhantes aos anteriores. CONCLUSÃO: Os critérios estabelecidos foram apropriados para reduzir a lista de 80 alimentos em 40, mantendo-se a capacidade de predição e de avaliação do consumo alimentar dos componentes investigados para o grupo populacional utilizado.

Palavras-chave : Questionário de freqüência alimentar; Inquéritos alimentares; Consumo alimentar; Epidemiologia nutricional.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português