SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número1Hospital morbidity among Guarani indians in Southeastern and Southern BrazilPrevalence of asthma in schoolchildren in a municipality in the southeast of the Brazilian Amazon índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista Brasileira de Epidemiologia

versión impresa ISSN 1415-790X

Resumen

BARRETO, Ivana Cristina de Holanda Cunha  y  GRISI, Sandra J.F.E.. Morbidade referida e seus condicionantes em crianças de 5 a 9 anos em Sobral, CE, Brasil. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2010, vol.13, n.1, pp.35-48. ISSN 1415-790X.  https://doi.org/10.1590/S1415-790X2010000100004.

OBJETIVO: Descrever a morbidade referida em crianças de 5 a 9 anos e analisar seus possíveis condicionantes. METODOLOGIA: Corte de base populacional com amostra aleatória e representativa em crianças de 5 a 9 anos da zona urbana de Sobral - CE, Brasil. Entrevistas domiciliares com 3.276 crianças e exame clínico em 2.594. A morbidade referida foi classificada segundo a CID-10. O desfecho analisado foi morbidade referida nos últimos 15 dias, utilizando Stata 7.0. RESULTADOS: 43,9% das crianças apresentaram morbidade referida: Doenças do Aparelho Respiratório (DAR), 28,7%; doenças da pele, 3,4%; doenças infecciosas, 2,2%. Daquelas que adoeceram, 41,5% procuraram atendimento. Dessas, 77,4% em Unidades de Saúde Familiar. Apresentaram maiores chances de DAR as crianças com as seguintes características: residir no núcleo urbano principal do município, ter antecedente de desnutrição e frequentar escola, com um valor de ODDS Ratio, respectivamente de 1,48 (IC95%1,10-1,99), 1,30 (IC95%1,05-1,60) e 1,54 (IC95%1,02-2,32). DISCUSSÃO: Chamou a atenção a elevada prevalência de DAR em crianças do núcleo urbano principal, cerca de duas vezes maior que a observada em outros estudos de metodologia similar, levantando hipóteses de sobrerelato ou poluição ambiental. A maioria das crianças apresentou problemas de saúde de menor gravidade e teve acesso facilitado aos serviços de saúde, principalmente ao PSF. CONCLUSÕES: Serão necessários novos estudos para identificar possíveis causas da elevada prevalência de DAR em crianças do núcleo urbano principal do município. As ocasiões em que as crianças demandam os serviços de saúde da família por doenças de baixa gravidade podem ser aproveitadas para medidas de prevenção e promoção da saúde.

Palabras clave : Morbidade referida; Doenças respiratórias; Escolar; Saúde da criança.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués | Inglés     · Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons