SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue1Diarrhea in children and sanitation and housing conditions in periurban areas in the city of Guarulhos, SPMalnutrition among children under 60 months of age in two cities of the state of Acre, Brazil: prevalence and associated factors author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

FARIAS JUNIOR, José Cazuza de et al. Validade e reprodutibilidade de um questionário para medida de atividade física em adolescentes: uma adaptação do Self-Administered Physical Activity Checklist. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 198-210. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100018.

OBJETIVO: Analisar a reprodutibilidade "teste-reteste" e a validade de um questionário de atividade física em adolescentes (adaptado do Self-Administered Physical Activity Checklist). MÉTODOS: A análise da reprodutibilidade "teste-reteste" foi realizada com 239 adolescentes (média de idade = 16,0 anos, DP = 1,2; 56,4% do sexo feminino) e a análise da validade com 70 adolescentes (média de idade = 15,7 anos, DP = 1,2; 55,7% do sexo feminino). Todos eram adolescentes do ensino médio no município de João Pessoa (PB), região Nordeste do Brasil, em 2009. A reprodutibilidade foi determinada por meio do procedimento de medidas repetidas - "teste-reteste", com uma semana de intervalo entre as réplicas de aplicação do questionário. Para avaliar a validade, comparou-se a medida de atividade física do questionário com a medida de quatro recordatórios de 24 horas de atividades físicas - método de referência. RESULTADOS: A reprodutibilidade "teste-reteste" foi elevada (coeficiente de correlação intraclasse: CCI = 0,88; IC95%: 0,84 - 0,91) e a concordância moderada para medida de atividade física em duas categorias (< 300min/sem vs. > 300min/sem, índice kappa: k = 0,52). O coeficiente de correlação entre a medida de atividade física do questionário e a do recordatório de 24h foi moderado (Spearman's rho = 0,62; p < 0001). A concordância entre estas duas medidas para o nível de atividade física em duas categorias foi moderada (k = 0,59). CONCLUSÕES: O questionário apresentou níveis elevados de reprodutibilidade e moderados níveis de validade, podendo ser utilizado para mensurar o nível de atividade física em adolescentes.

Keywords : Validade; Reprodutibilidade; Questionário; Atividade Física; Métodos; Adolescente.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese