SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue1Validity and reproducibility of a physical activity questionnaire for adolescents: adapting the Self-Administered Physical Activity ChecklistSpatial distribution of tuberculosis and relationship with living conditions in an urban area of Campina Grande - 2004 to 2007 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

SOUZA, Orivaldo Florencio de et al. Desnutrição em crianças menores de 60 meses em dois municípios no Estado do Acre: prevalência e fatores associados. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 211-221. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100019.

OBJETIVO: Investigar a prevalência da desnutrição e fatores associados em crianças menores de 60 meses em dois municípios do Estado do Acre. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional realizado com 667 crianças da área urbana dos municípios de Acrelândia e Assis Brasil. A prevalência da desnutrição foi calculada pelo padrão de crescimento da Organização Mundial da Saúde de 2006, com o ponto de corte -2 escores Z. Informações sobre condições socioeconômicas, acesso aos serviços e cuidado da criança, peso ao nascer e morbidade foram obtidas por questionário estruturado. A regressão de Poisson foi utilizada para identificar os fatores associados à desnutrição de crianças. RESULTADOS: A prevalência do déficit estatura para idade e déficit peso para estatura foi de 9,9% e 4,1%, respectivamente. Os fatores associados ao déficit estatura para idade foram o baixo índice de riqueza (razão de prevalência [RP]: 1,74; intervalo de confiança em 95% [IC95%]: 0,95 - 3,18), analfabetismo do pai ou padrasto (RP: 1,82; IC95%: 1,01 - 3,27), ter 2 ou mais irmãos menores (RP: 2,88; IC95%: 1,45 - 5,72), ausência da mãe biológica no domicílio (RP: 2,63; IC95%: 1,32 - 5,24) e exposição ao esgoto a céu aberto no âmbito domiciliar (RP: 2,46; IC95%: 1,51 - 4,00). Somente o baixo peso ao nascer mostrou-se como fator associado ao déficit peso para estatura (RP: 2,91; IC95%: 1,16 - 7,24). CONCLUSÕES: Nos municípios estudados, a desnutrição em crianças menores de 60 meses apresenta-se como um importante problema de saúde pública, associado aos indicadores de iniquidades sociais, acesso aos serviços de saúde e ausência da mãe no domicílio.

Keywords : Desnutrição; Saúde da criança; Estado nutricional; Estudos transversais; Antropometria; Epidemiologia nutricional.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese