SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2Hemoglobin levels and prevalence of anemia in pregnant women assisted in primary health care services, before and after fortification of flour author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

DAVOGLIO, Rosane Silvia; ABEGG, Claídes  and  AERTS, Denise Rangel Ganzo de Castro. Fatores associados ao uso de serviços odontológicos entre adolescentes de Gravataí, RS, em 2005. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2013, vol.16, n.2, pp.546-554. ISSN 1415-790X.  https://doi.org/10.1590/S1415-790X2013000200028.

Introdução:

O acesso a serviços, incluindo os serviços odontológicos, depende de fatores socioeconômicos, ambientais e individuais. Por outro lado, as diferenças, culturais e estilo de vida também influenciam o grau em que os serviços são utilizados.

Objetivo:

O objetivo deste estudo foi avaliar os fatores associados ao uso de serviços odontológicos entre adolescentes da 7a série de escolas públicas do município de Gravataí, RS, no ano de 2005.

Métodos:

Foi realizado um estudo analítico transversal. Os dados foram coletados nas escolas, por meio de questionários autoaplicados, investigando fatores sociodemográficos, psicossociais, estilo de vida, hábitos e comportamentos de saúde bucal em uma amostra de 1.170 adolescentes, usando o Global School-Based Student Health Survey , o Questionário Internacional de Atividade Física e o Body Shape Questionnaire . A análise dos dados foi executada no software STATA 6.0, por meio de regressão de Cox modificada para estudos transversais, tendo sido realizadas análises univariada e multivariada a partir de um modelo conceitual hierárquico suportado pela literatura sobre modelos hierárquicos.

Resultados:

O uso de serviços odontológicos foi menor para aqueles que relataram preocupação com a imagem corporal e envolvimento em brigas, aqueles cujos pais não sabiam onde os filhos estavam em seu tempo livre, que escovavam os dentes menos duas vezes ao dia, aqueles que não usavam fio dental diariamente, que relataram procurar os serviços odontológicos para tratamento curativo, e aqueles com piores condições socioeconômicas.

Conclusões:

Os resultados sugerem que o uso de serviços odontológicos por adolescentes depende da interação de fatores psicossociais e individuais, bem como do contexto familiar.

Keywords : Uso de serviços odontológicos; Adolescentes; Saúde bucal; Global School-Based Student Health Survey.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )