SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue3The performance of various anthropometric assessment methods for predicting low birth weight in adolescent pregnant womenOral health status of the ethnic group Xukuru from Ororubá: multilevel analysis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790X

Abstract

SOUZA, Ricardo Alexandre de; OLIVEIRA, Cláudia Di Lorenzo; LIMA-COSTA, Maria Fernanda  and  PROIETTI, Fernando Augusto. A satisfação com o entorno físico e social e o hábito de fumar cigarros na região metropolitana de Belo Horizonte. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2014, vol.17, n.3, pp.775-786. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/1809-4503201400030016.

O objetivo do trabalho foi examinar a associação entre a satisfação com o entorno físico e social da vizinhança e o hábito de fumar cigarros. Foram utilizados dados do Inquérito de Saúde dos Adultos da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os participantes do estudo (n = 12.299) foram selecionados por meio de amostra probabilística entre os residentes com 20 anos ou mais de idade. A variável resposta foi o hábito de fumar e a variável explicativa de interesse foi a percepção da vizinhança. Potenciais variáveis de confusão incluíram características demográficas, outros comportamentos em saúde e indicadores de posição socioeconômica. As prevalências de fumantes atuais, ex-fumantes e dos que nunca fumaram foram 20,8; 14,1 e 65,1%, respectivamente; 74,4% e 25,5% dos participantes foram categorizados como mais satisfeitos e menos satisfeitos com a vizinhança, respectivamente. Em comparação aos que jamais fumaram, os ex-fumantes (odds ratio ajustado = 1,40; intervalo de confiança de 95% 1,20 - 1,62) e os fumantes atuais (odds ratio ajustado = 1,17; intervalo de confiança de 95% 1,03 - 1,34) eram menos satisfeitos com a vizinhança em comparação aos que nunca fumaram. Os resultados deste trabalho mostraram que existe associação independente entre o hábito de fumar e pior percepção da vizinhança na região metropolitana de Belo Horizonte, que independe de características individuais, tradicionalmente reportadas como associadas ao hábito de fumar.

Keywords : Hábito de fumar; Habitação; Distribuição Espacial da População; Inquéritos epidemiológicos; Percepção; Percepção Social.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )