SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue1Estimate of physical sequelae in victims of road traffic accidents hospitalized in the Public Health SystemHospitalization for ischemic stroke in Brazil: an ecological study on the possible impact of Hiperdia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790XOn-line version ISSN 1980-5497

Abstract

OLIVEIRA, Elizabete Regina Araújo et al. Estudo comparativo da mortalidade cardiovascular e por neoplasia de Adventistas e Não Adventistas do Estado do Espírito Santo, no período de 2003 a 2009. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2016, vol.19, n.1, pp.112-121. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-5497201600010010.

Introdução:

Populações com hábitos de saúde mais saudáveis têm sido investigadas quanto ao seu padrão de ocorrência de doenças.

Objetivo:

Este estudo teve o objetivo de avaliar os padrões de mortalidade geral e por doenças cardiovasculares em Adventistas do Sétimo Dia (ASDs) do Estado do Espírito Santo (ES), Brasil, e compará-los com a mortalidade pelas mesmas causas na população do Estado.

Métodos:

Foram investigados 14.519 Adventistas vivos e 995 falecidos com idade ≥ 30 anos no período de 2003 a 2009. Entre esses, 896 óbitos registrados foram confirmados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde. Foram calculadas as razões padronizadas de mortalidade (RPM) com o método indireto, tendo como população padrão a população ≥ 30 anos de idade do Estado.

Resultados:

Os Adventistas apresentaram taxas mais baixas de mortalidade geral, 42,5% menor em relação à população do ES (RMP = 57,5; IC95% 47,8 - 68,2), 52,2% menor por doenças isquêmicas do coração (RMP = 48; IC95% 25,0 - 82,8) e 46,3% menor por doenças cerebrovasculares (RMP = 54; IC95% 30,4 - 87,8).

Conclusão:

Hábitos saudáveis dos Adventistas em relação a dieta, tabagismo e consumo de álcool podem ter influenciado suas taxas de mortalidade mais baixas.

Keywords : Mortalidade; Estilo de vida; Religião; Doença crônica; Epidemiologia; Doenças cardiovasculares..

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )