SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 suppl.1Prevalence and factors associated with illicit drug use throughout life: National School Health Survey 2015Prevalence of physically active adolescents in Brazilian capitals: National Adolescent School-based Health Survey 2012 and 2015 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790XOn-line version ISSN 1980-5497

Abstract

JORDAO, Lidia Moraes Ribeiro; MALTA, Deborah Carvalho  and  FREIRE, Maria do Carmo Matias. Simultaneidade de comportamentos de risco à saúde bucal em adolescentes: evidência da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2018, vol.21, suppl.1, e180019.  Epub Nov 29, 2018. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-549720180019.supl.1.

Objetivo:

Identificar a prevalência da presença simultânea de comportamentos de risco à saúde bucal em adolescentes brasileiros e fatores associados.

Métodos:

Foram utilizados dados de 109.104 escolares provenientes da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE). A presença simultânea de baixa frequência de escovação dentária (E), uso recente de cigarros (C), baixa frequência de ida ao dentista (D), baixo consumo de frutas (F) e alto consumo de alimentos que contêm açúcar adicionado (A) foi avaliada pela razão entre as prevalências observada e esperada (PO/PE). Regressão logística foi utilizada para avaliar a associação entre as combinações de comportamentos e as variáveis sociodemográficas e do contexto familiar.

Resultados:

A ocorrência de dois ou mais comportamentos de risco à saúde bucal foi de 60,40%. As combinações mais prevalentes com razão PO/PE acima de 1,20 foram EDF, CFA e EDFA. A chance de concentrar dois ou mais comportamentos foi maior para adolescentes sem supervisão familiar dos deveres de casa, de escolas públicas, do sexo masculino e das raças indígena ou amarela (odds ratio - OR > 1,00; p < 0,05). O nível de afluência familiar baixo atuou como risco para a combinação ECDFA (OR = 2,58; p = 0,009), enquanto para a combinação CFA os níveis médio e baixo atuaram como proteção (OR = 0,71; p < 0,001 e OR = 0,76; p = 0,011).

Conclusão:

A prevalência da presença simultânea de comportamentos de risco à saúde bucal foi baixa e associada negativamente a fatores sociodemográficos e do contexto familiar. Intervenções que busquem reduzir os comportamentos de risco em saúde bucal em adolescentes devem priorizar os grupos identificados.

Keywords : Comportamento do adolescente. Higiene bucal. Conhecimentos; atitudes e prática em saúde. Comportamento alimentar. Inquéritos de saúde.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )