SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 suppl.2Sleep disturbances in older adults are associated to female sex, pain and urinary incontinenceCaregivers of elderly and excessive tension associated to care: evidence of the Sabe Study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Epidemiologia

Print version ISSN 1415-790XOn-line version ISSN 1980-5497

Abstract

NUNES, Daniella Pires et al. Padrão do desempenho nas atividades de vida diária em idosos no município de São Paulo, nos anos 2000, 2006 e 2010. Rev. bras. epidemiol. [online]. 2018, vol.21, suppl.2, e180019.  Epub Feb 04, 2019. ISSN 1415-790X.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-549720180019.supl.2.

Introdução:

A funcionalidade no envelhecimento está associada à autonomia e independência das pessoas idosas.

Objetivo:

Identificar e hierarquizar as dificuldades referidas no desempenho das atividades de vida diária de idosos.

Método:

Estudo transversal e descritivo, de base domiciliar, que utilizou a base de dados do Estudo SABE (Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento) nos anos de 2000, 2006 e 2010. A funcionalidade foi avaliada por meio do relato de dificuldade no desempenho das atividades básicas (ABVD) e instrumentais de vida diária (AIVD). A hierarquização do comprometimento funcional foi avaliada pelo escalonamento de Guttman.

Resultados:

A prevalência de dificuldade referida no desempenho de uma ou mais AIVDs foi de 35,4; 45,8 e 41,0% e para as ABVDs foi de 16,3; 13,3 e 17,5%; respectivamente nos anos de 2000, 2006 e 2010. Em dez anos de acompanhamento observa-se, entre as mulheres, variabilidade na prevalência de 42,3 a 54,6% de comprometimento nas AIVDs e de 17,0 a 20,4% nas ABVDs e, entre os homens, de 25,6 a 33,1% em AIVDs e de 8,0 a 13,7% em ABVDs. Nas três ondas, as atividades com maior relato de dificuldade foram utilizar transporte, realizar tarefas pesadas e cuidar das finanças, enquanto o ato de comer foi a menos prevalente.

Conclusão:

Houve aumento na prevalência de comprometimento funcional no período de dez anos, com maior variabilidade entre as mulheres e com o avançar da idade. Esses resultados contribuem para o planejamento dos serviços e a distribuição adequada dos recursos existentes por desvelar as necessidades e os cuidados necessários.

Keywords : Idoso; Atividades cotidianas; Idoso fragilizado.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )