SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número2Análise de crescimento e anatomia foliar da planta medicinal Ageratum conyzoides L. (Asteraceae) cultivada em diferentes substratosEspaçamentos entre plantas e cobertura do solo com cama-de-frango na produção da bardana (Arctium lappa L.) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572

Resumo

BITENCOURT, J; ZUFFELLATO-RIBAS, K.C  e  KOEHLER, H.S. Estaquia de Ginkgo biloba L. utilizando três substratos. Rev. bras. plantas med. [online]. 2010, vol.12, n.2, pp. 135-140. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722010000200002.

Ginkgo biloba é arbórea, decídua, cuja folhagem se torna amarelada no outono antes da queda das folhas, o que a torna valorizada em jardinagem. A estaquia é um método de propagação vegetativa baseado na capacidade das células em retomarem o processo de divisão celular, formando raízes em estacas destacadas de ramos provenientes de plantas matrizes. O presente trabalho teve como objetivos verificar a influência de diferentes substratos, assim como, a aplicação da auxina sintética o ácido indol butírico (AIB) no enraizamento de estacas de Ginkgo biloba. No inverno de 2005, ramos foram coletados e transportados até o Laboratório de Macropropagação, onde foram confeccionadas estacas sem folhas, com 10-12 cm de comprimento. Os tratamentos com regulador vegetal (T) foram T1- 0 mg L-1 AIB em solução; T2- 4000 mg L-1 AIB em solução; T3- 8000 mg L-1 AIB em solução; T4- 0 mg kg-1 AIB em talco; T5- 4000 mg kg-1 AIB em talco e T6- 8000 mg kg-1 AIB em talco. Para cada tratamento foram utilizados três diferentes substratos (S), S1- areia, S2- fibra de casca de coco (coxim) e S3- casca de arroz carbonizada. Após 120 dias da instalação, foram avaliadas as porcentagens de estacas enraizadas, vivas, com calos e mortas; o número de raízes por estaca e o comprimento das três maiores raízes por estaca. Os melhores resultados no enraizamento foram obtidos com estacas tratadas com 4000 e 8000 mg kg-1 AIB em talco, utilizando o coxim como substrato (45,00 e 46,25% de enraizamento, respectivamente).

Palavras-chave : enraizamento; areia; coxim; casca-de-arroz carbonizada; auxinas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português