SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número4Influência de diferentes metodologias de esterilização sobre a atividade antifúngica de extratos aquosos de plantas medicinaisInfluência de diferentes meios de cultura sobre o crescimento de Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen (Amaranthaceae) para conservação in vitro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572

Resumo

MARCHESE, J.A. et al. Estacas de diferentes diâmetros na propagação de Lippia alba (Mill.) N.E.Br. - Verbenaceae. Rev. bras. plantas med. [online]. 2010, vol.12, n.4, pp.506-509. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722010000400015.

Este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de diferentes diâmetros de estacas na propagação de Lippia alba. Foram testadas estacas de 25 cm de comprimento, com diâmetros de 0,3-0,5 cm; 0,6-0,9 cm e 1-1,2 cm. Aos 30 e 60 dias após o plantio das estacas foram determinadas as características biométricas, como porcentagem de enraizamento, número de brotos, comprimento dos brotos, massas secas de brotos, estacas, raízes e total. Todos os diâmetros de estacas apresentaram altas taxas de enraizamento aos 30 dias, comprovando que a L. alba é uma espécie de fácil propagação por estaquia. A produção de mudas de L. alba deve ser realizada com estacas entre 1-1,2 cm de diâmetro, que foi superior aos outros diâmetros testados na maioria das características biométricas determinadas.

Palavras-chave : estaquia; planta medicinal; propagação vegetativa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons