SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número1Rendimento, composição química e atividade antilisterial de óleos essenciais de espécies de CymbopogonEstudo da divergência genética por características morfológicas entre acessos de mentrasto (Ageratum conyzoides L.) coletados no estado do Tocantins em diferentes épocas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572

Resumo

ZANUSSO-JUNIOR, G et al. Avaliação da atividade antiinflamatória do coentro (Coriandrum sativum L.) em roedores. Rev. bras. plantas med. [online]. 2011, vol.13, n.1, pp. 17-23. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722011000100003.

Coriandrum sativum L. (Umbelliferae), conhecido popularmente por coentro, é uma planta doméstica cultivada nas diversas partes do mundo, inclusive no Brasil. As folhas e frutos do coentro são utilizados como condimento em culinária e na medicina popular como analgésica, antirreumática, carminativa e colagoga. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do tratamento com o óleo essencial (OEC) e o extrato hidroalcóolico (EHC) do coentro em modelos experimentais de inflamação em roedores. A atividade antiinflamatória do coentro foi avaliada por meio dos testes de pleurisia em ratos e formação do edema de orelha em camundongos. A pleurisia foi induzida pela carragenina em animais tratados ou não com EHC. O edema de orelha induzido pela aplicação tópica de óleo de cróton e a atividade da mieloperoxidase foi avaliada em camundongos tratados ou não com OEC ou EHC. No teste da pleurisia o tratamento com EHC promoveu significativa diminuição no edema pleural, mas não sobre a migração leucocitária. Além disso, diferentemente ao observado com o tratamento com OEC, o uso tópico de EHC diminui significativamente o edema de orelha e a migração celular induzidos pela aplicação do óleo de cróton. Os dados indicam que EHC apresenta atividade antiinflamatória quando administrado pelas via oral e tópica, enquanto que OEC não apresenta atividade antiinflamatória tópica.

Palavras-chave : Coriandrum sativum L; inflamação; pleurisia; edema de orelha; plantas medicinais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português