SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue3Allelopathic influence of mint (Mentha x villosa Huds.) on the emergence of lettuce (Lactuca sativa L.) seedlingsBiomass production and N and P uptake by Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen according to N and P levels under greenhouse conditions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Plantas Medicinais

Print version ISSN 1516-0572

Abstract

JANNUZZI, H. et al. Avaliação agronômica e química de dezessete acessos de erva-cidreira [Lippia alba (Mill.) N.E.Brown] - quimiotipo citral, cultivados no Distrito Federal. Rev. bras. plantas med. [online]. 2011, vol.13, n.3, pp. 258-264. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722011000300002.

A erva-cidreira [Lippia alba (Mill.) N.E.Brown] é uma espécie nativa utilizada como planta medicinal em todo o Brasil. O citral é responsável pela ação sedativa da erva cidreira, sendo um dos principais componentes do óleo essencial. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento agronômico, teor e rendimento de óleo essencial e de citral em 17 acessos de L. alba da coleção da Universidade de Brasília - UnB. O experimento foi realizado no período de 19/02/2005 a 18/03/2006, em latossolo vermelho, no Distrito Federal. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com três repetições, contendo três plantas por parcela. Foram avaliados os parâmetros área foliar, comprimento da haste, produção de massa fresca (folhas e hastes), produção de massa foliar seca, teor de óleo essencial e de citral, rendimento estimado de óleo essencial e de citral por planta, além da caracterização do perfil aromático do óleo essencial. Os acessos L.41 (0,75%), L.45 (0,66%) e L.08 (0,62%) apresentaram os maiores teores de óleo essencial. O acesso L.45 (1,32 g pl-1) apresentou o maior rendimento de óleo, seguido dos acessos L.47 (0,73 g pl-1), L.41 (0,67 g pl-1), L.34 (0,67 g pl-1) e L.33 (0,62 g pl-1). Os acessos apresentaram teores de citral variando de 51,7% (L.34) a 75,1% (L.09), com média de 63,6% e predominância do isômero geranial (36,4%) sobre o neral (27,8%). O acesso L.45 (0,83 g pl-1) apresentou o maior rendimento de citral. Treze acessos apresentaram o quimiotipo citral; três o quimiotipo citral-limoneno e apenas um apresentou o quimiotipo citral-mirceno. Os resultados evidenciam o potencial de produção de citral do acesso L.45, o qual poderá ser utilizado para melhorar a qualidade da matéria prima de erva-cidreira utilizada nos programas de fitoterapia no país ou em programas de melhoramento genético para esta finalidade.

Keywords : plantas medicinais; cerrado; produção vegetal; perfil aromático; óleos essenciais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese