SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número4Desenvolvimento vegetativo de Mentha campestris Schur e produção de mentol em diferentes espaçamentos de plantio e épocas de colheitaTeor e composição do óleo essencial de inflorescências e folhas de Lavandula dentata L. em diferentes estádios de desenvolvimento floral e épocas de colheita índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572

Resumo

NARUZAWA, E.S.  e  PAPA, M.F.S.. Atividade antifúngica de extratos de plantas do Cerrado brasileiro sobre Colletotrichum gloeosporioides e Corynespora cassiicola. Rev. bras. plantas med. [online]. 2011, vol.13, n.4, pp.408-412. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722011000400006.

O objetivo deste trabalho foi determinar a atividade antifúngica de extratos aquosos e extratos hidroetanólicos de folhas de 10 plantas do Cerrado brasileiro sobre Colletotrichum gloeosporioides e Corynespora cassiicola. A determinação da atividade antifúngica foi realizada pela incorporação do extrato em meio de cultura ou na suspensão de esporos, na concentração de 50% em relação ao volume, determinando-se, respectivamente, o crescimento micelial e a germinação de esporos. Em seguida, pela comparação com a testemunha, foram obtidas as percentagens de inibição do crescimento micelial e da germinação dos esporos. Foi constatado comportamento variável dos extratos sobre os fitopatógenos, desde o estímulo no crescimento micelial para os extratos de Aristolochia esperanzae e Byrsonima verbascifolia, até a inibição completa do crescimento micelial e dagerminação dos esporos para os extratos de Myracrodruon urundeuva e Lafoensia pacari. Extratos de folhas de L. pacari, de M. urundeuva e de Caryocar brasiliense apresentaram atividade antifúngica sobre Colletotrichum gloeosporioides e Corynespora cassiicola; os extratos hidroetanólicos proporcionaram mais atividade antifúngica que os extratos aquosos, e a germinação de esporos de ambos os fitopatógenos foi mais afetada que o crescimento micelial.

Palavras-chave : extrato aquoso; extrato hidroetanólico; germinação de esporos; crescimento micelial; controle alternativo.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons