SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1Eficiência nutricional do Nitrogênio e produção de biomassa em Calendula officinalis L. (Asteraceae) em condições de casa de vegetaçãoComparação da Morfologia e da anatomia foliar entre as espécies Malva sylvestris (gerânio-aromático), Pelargonium graveolens (falsa-malva) e Pelargonium odoratissimum (gerânio-de-cheiro) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572

Resumo

BRAZ, D.C.; OLIVEIRA, L.R.S.  e  VIANA, A.F.S.C.. Atividade antiulcerogênica do extrato aquoso da Bryophyllum pinnatum (Lam.) Kurz. Rev. bras. plantas med. [online]. 2013, vol.15, n.1, pp.86-90. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-05722013000100012.

Bryophyllum pinnatum (Lam.) Kurz pertence a família Crassulaceae e é conhecida vulgarmente como coirama, folha-da-fortuna, ou folha-do-ar, sendo usada popularmente como antifúngico, no tratamento da hipertensão, em úlceras e em inflamações. O presente estudo objetivou analisar a atividade antiulcerogênica do extrato aquoso das folhas de Bryophyllum pinnatum (Lam.) Kurz em modelo de úlcera gástrica induzida por indometacina em Rattus norvegicus, machos (150 a 250 g) com idade de 70 dias. Os animais receberam por via oral: água, extrato aquoso de Bryophyllum pinnatum (Lam.) Kurz (1 e 2 g Kg-1 ) ou ranitidina (60 mg Kg-1 ), fármaco com ação gastroprotetora conhecida que atua bloqueando os receptores de histamina H2. Após uma hora dos tratamentos, todos animais receberam indometacina via intraperitoneal. Os resultados demonstraram que o extrato aquoso da Bryophyllum pinnatum (Lam.) Kurz possui ação gastroprotetora; na dose de 1 g Kg-1 inibiu 45,49% o índice de ulceração induzido pela indometacina, e, na dose de 2 g Kg-1, inibiu 49,50%. Sugere-se o envolvimento de vários mecanismos na ação gastroprotetora dessa planta e não somente uma possível participação das prostaglandinas nesse efeito. Estudos futuros com diferentes modelos de indução de úlcera gástrica tornam-se necessários para melhor avaliar a atividade antiulcerogênica do extrato aquoso de Bryophyllum pinnatum (Lam.) Kurz.

Palavras-chave : Crassulaceae; antiulcerogênico; Bryophyllum pinnatum (Lam.) Kurz.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons