SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número4  suppl.2Resultados da aplicação tópica do extrato de própolis na redução da progressão da doença periodontalEstudo etnofarmacológico em entorno de floresta urbana como subsídio para a implantação da Fitoterapia no Sistema Único de Saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572versão On-line ISSN 1983-084X

Resumo

BURGOS, A. et al. Atividade anti-bacteriana do extrato alcaloide e de compostos isolados de Croton bonplandianum Baill. (Euphorbiaceae). Rev. bras. plantas med. [online]. 2015, vol.17, n.4, suppl.2, pp.922-927. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-084X/14_097.

A atividade antibacteriana do extrato alcaloidal das folhas de Croton bonplandianum Baill., além dos principais compostos isolados, esparsiflorina e crotsparina, foi testada contra Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa. Foi utilizado o método de microdiluição em placa empregando resazurina como indicador da viabilidade celular. Os compostos isolados foram identificados por técnicas espectroscópicas, principalmente RMN 1D e 2D. O extrato alcaloidal foi ativo principalmente contra S. aureus e P. aeruginosa. Crotsparina mostrou-se inativa contra todos os micro-organismos testados, enquanto esparsiflorina apresentou atividade moderada, a qual foi similar à do extrato bruto. Pseudomonas aeruginosa foi a mais sensível das bactérias testadas, com CIM de 0,141 mg/mL. Os resultados sugerem que a atividade do extrato pode ser devida em grande medida pela presença de esparsiflorina. Apesar de a CIM da esparsiflorina não ter se aproximado daquela apresentada pelos agentes antimicrobianos em uso clínico, tal composto ainda pode compor um protótipo interessante para o desenvolvimento de novas substâncias antibacterianas.

Palavras-chave : alcaloides; esparsiflorina; crotsparina; atividade antibacteriana; Croton bonplandianum; Euphorbiaceae.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )