SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número4  suppl.3Determinação de parâmetros farmacognósticos para as folhas de Erythroxylum suberosum A. St.-Hilaire (Erythroxylaceae) coletadas no município de Goiânia, GO.Germinação e vigor de sementes de chia (Salvia hispanica L. - Lamiaceae) sob diferentes temperaturas e condições de luz índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572versão On-line ISSN 1983-084X

Resumo

GOMES, J.A.O.; TEIXEIRA, D.A.; MARQUES, A.P.S.  e  BONFIM, F.P.G.. Diferentes substratos na propagação por estaquia de assa-peixe (Vernonia polyanthes Less). Rev. bras. plantas med. [online]. 2015, vol.17, n.4, suppl.3, pp.1177-1181. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-084x/15_008.

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a propagação vegetativa do assa-peixe Vernonia polyanthes Less utilizando estacas apicais e diferentes substratos. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação com irrigação controlada na Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP campus Botucatu- SP. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com sete tratamentos (Solo de textura argilosa; 50% Solo de textura argilosa + 50% Húmus; Solo de textura média; 50% Solo de textura média + 50% Húmus; Solo de textura arenosa; 50% Solo de textura arenosa + 50% Húmus; Húmus) e quatro repetições, sendo 10 estacas por repetição. As características avaliadas foram: comprimento da maior raiz, comprimento da parte aérea, número de brotações, porcentagem de enraizamento, volume radicular, nota para qualidade das estacas e massa seca da parte aérea e das raízes. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F e as médias comparadas pelo teste de Scott & Knott a 5% de probabilidade. Para a análise estatística, utilizou-se o programa SISVAR ®. A partir da análise, observou-se efeito altamente significativo dos tratamentos utilizados para todas as variáveis analisadas, com exceção da massa seca da parte aérea, que não apresentou diferença significativa. Para obtenção de melhor enraizamento da espécie em questão, o recomendado é a utilização do substrato: solo de textura argilosa ou média, acrescido de húmus na proporção de 1:1.

Palavras-chave : cerrado; planta medicinal; propagação vegetativa; húmus.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )