SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número2Qualidade de sementes de feijão carioca armazenado sob tratamentos com plantas aromáticas de potencial repelenteCobertura de Salvia officinalis L. no desenvolvimento de plantas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Plantas Medicinais

versão impressa ISSN 1516-0572versão On-line ISSN 1983-084X

Resumo

SOUZA, A.D.Z. et al. O Processo de trabalho dos enfermeiros da atenção primária e a Política Nacional de Plantas Medicinais/Fitoterápicos. Rev. bras. plantas med. [online]. 2016, vol.18, n.2, pp.480-487. ISSN 1516-0572.  http://dx.doi.org/10.1590/1983-084X/15_176.

O estudo objetivou conhecer o processo de trabalho dos enfermeiros da atenção primária em relação à Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. O referencial foi baseado em Guareschi e Kleinman. A abordagem foi qualitativa, descritiva. Fizeram parte dos estudos enfermeiros de 21 municípios da região Sul do estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por questionário autoadministrado, no período de junho a agosto de 2013. A análise seguiu a proposta operativa de Minayo, emergindo dois temas: processo de trabalho dos enfermeiros e a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos; viabilização desta na atenção primária. Observou-se o desconhecimento da política, apesar de ter sido constatado a indicação de plantas medicinais no processo de trabalho. A política é viável quando o enfermeiro organiza grupos, coloca em prática o diálogo interdisciplinar, e contempla a questão dos aspectos culturais do usuário.

Palavras-chave : Plantas medicinais; Formulação de políticas; Enfermagem; Atenção Primária à saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )