SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 issue2The melancolization of the social bond?Way of being, hypermodern individual's way of feeling author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica

Print version ISSN 1516-1498

Abstract

WINOGRAD, Monah. Freud é monista, dualista ou pluralista?. Ágora (Rio J.) [online]. 2004, vol.7, n.2, pp. 203-220. ISSN 1516-1498.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-14982004000200002.

Este artigo trata de uma questão que surge sempre que a problemática do corpo na teoria freudiana é desdobrada. Seria Freud monista, dualista ou pluralista? Nosso primeiro esforço é definir estes termos do léxico filosófico, atentando para a sua generalidade. Em seguida, debruçamo-nos sobre a obra freudiana para mostrar que sua teoria não se encaixa nestas categorias, ou antes, ela aglomera os três termos já que trabalha simultaneamente com monismos, dualismos e pluralismos. Analisamos os conceitos de inconsciente, pulsão, equação etiológica e séries complementares para sustentar esta posição.

Keywords : Monismo [dualismo]; pluralismo; inconsciente; pulsão; etiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese