SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número2Uma melancolização do laço social?Maneiras de ser, maneiras de sentir do indivíduo hipermoderno índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica

versão impressa ISSN 1516-1498

Resumo

WINOGRAD, Monah. Freud é monista, dualista ou pluralista?. Ágora (Rio J.) [online]. 2004, vol.7, n.2, pp. 203-220. ISSN 1516-1498.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-14982004000200002.

Este artigo trata de uma questão que surge sempre que a problemática do corpo na teoria freudiana é desdobrada. Seria Freud monista, dualista ou pluralista? Nosso primeiro esforço é definir estes termos do léxico filosófico, atentando para a sua generalidade. Em seguida, debruçamo-nos sobre a obra freudiana para mostrar que sua teoria não se encaixa nestas categorias, ou antes, ela aglomera os três termos já que trabalha simultaneamente com monismos, dualismos e pluralismos. Analisamos os conceitos de inconsciente, pulsão, equação etiológica e séries complementares para sustentar esta posição.

Palavras-chave : Monismo [dualismo]; pluralismo; inconsciente; pulsão; etiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português