SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue1Ataques ao corpo e traumatofilia na adolescênciaPara que serve o nome que carrego, quando minhas culturas se desmancham? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica

Print version ISSN 1516-1498

Abstract

CARDOSO, Marta Rezende. Recusa ao ato na adolescência: uma "reação subjetiva negativa"?. Ágora (Rio J.) [online]. 2011, vol.14, n.1, pp. 21-33. ISSN 1516-1498.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-14982011000100002.

Estuda-se a questão da violência psíquica na adolescência, em certas patologias do ato, em particular as situações clínicas marcadas pelo negativo desse registro: a recusa radical no plano do agir. Isto se vê na morosidade no ingresso na vida adulta, na conduta de retraimento de certos adolescentes que parecem "resistir" à superação da condição adolescente. Apesar da aparente contradição, situa-se o "recurso ao ato" e a "recusa ao agir" no campo das patologias do ato: o ego atua uma defesa extrema em cuja base insiste uma dimensão traumática, de passividade ante a pulsão.

Keywords : adolescência; violência; passividade; recurso  ao ato; recusa a agir.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese