SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1The subject and his modes of jouissanceMeditation on an instructive dream: the fetishistic error and the Freudian hit índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica

versión impresa ISSN 1516-1498

Resumen

LAUFER, Laurie. A "bela morte". Ágora (Rio J.) [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 15-31. ISSN 1516-1498.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-14982012000100002.

É com uma realidade encoberta, com o pudor e com a vergonha que se articula a visão do corpo do morto; a problemática do fantasma ligado ao morto. Se a sexualidade parece-nos, atualmente, menos velada do que na época clássica, a morte, por sua vez, tornou-se tabu e deslocou-se para a esfera privada, para o território da intimidade psicológica, o que Phillipe Ariès denomina "a morte tornada selvagem". Na descrição que Flaubert faz do falecimento de Ema, em Madame Bovary, as imagens da morte e da decomposição do corpo morto mantêm vivas uma iconografia recalcada, "aureolada". O processo de censura contra o livro é emblemático da repressão da sociedade sobre a representação da morte.

Palabras llave : Morte; visibilidade; censura; catarse; fantasia.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués