SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número1Modalities of act in the particularity of the adolescence period índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica

versión impresa ISSN 1516-1498

Resumen

CARDOSO, Mauricio José d'Escragnolle. Peirce, Lacan e a questão do signo indicial. Ágora (Rio J.) [online]. 2012, vol.15, n.1, pp. 165-178. ISSN 1516-1498.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-14982012000100011.

Pouca atenção é dada, na literatura psicanalítica, às relações entre Lacan e Peirce. No entanto, a referência a Peirce é uma constante no ensino de Lacan a partir dos anos 1960. Por outro lado, a análise desta referência permite situar uma importante descontinuidade teórica no ensino de Lacan. Ela diz respeito a uma reforma importante da teoria do significante, cujo pivô é a introdução do conceito de signo. O artigo visa explicitar as diferenças teóricas entre Peirce e Lacan, assim como o uso particular que este faz de certos conceitos provenientes do pragmatismo.

Palabras llave : Lacan; Peirce; pragmatismo; índex; objeto a.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués