SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue4Phonological acquisition in socio-economical high-class childrenComparison of children performance in reading words with and without attention deficit/hyperactivity disorder author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista CEFAC

On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

LOBO, Fernanda Senna; ACRANI, Isabela Olszanski  and  AVILA, Clara Regina Brandão de. Tipo de estímulo e memória de trabalho fonológica. Rev. CEFAC [online]. 2008, vol.10, n.4, pp. 461-470. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462008000400006.

OBJETIVO: investigar a influência do modo de apresentação do estímulo lingüístico sobre a memória de trabalho fonológica. MÉTODOS: avaliaram-se 27 escolares (59,25% meninas) entre sete anos, sete meses e oito anos, sete meses, da 2ª série do Ensino Fundamental de Escola Pública, sem histórico de retenção, ou queixas de déficits neurológicos, cognitivos ou auditivos. Passaram na Avaliação Simplificada do Processamento Auditivo e foram submetidos à tarefa de repetição de sílabas ou pseudopalavras. Os estímulos foram gravados e apresentados como: I) fluentes: lista de pseudopalavras, com intervalos de dez segundos entre uma e outra, apresentada a 13 escolares, e II) silabados, lista apresentada a 14 escolares, com intervalo de um segundo entre cada sílaba e dez segundos entre cada seqüência. As repetições foram transcritas, os erros assinalados e comparados segundo o sexo e o modo de apresentação do estímulo. RESULTADOS: na análise geral do desempenho notou-se diferença, com melhor desempenho na apresentação da lista II e, a partir dos estímulos de cinco sílabas, maiores porcentagens de acerto na apresentação da lista I, quando comparada à II. A comparação entre os sexos mostrou diferença significante para estímulos de cinco sílabas na análise geral e da lista II, com melhores resultados dos meninos. CONCLUSÃO: não houve diferença de desempenho até a extensão de quatro sílabas. A apresentação na forma fluente facilitou o desempenho da memória fonológica de trabalho dos escolares do sexo masculino e feminino quando os estímulos apresentados foram mais extensos.

Keywords : Memória; Linguagem; Psicolingüística.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese