SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue3Emergence of symbolic schemes in children with Down syndrome, very-low-birth-weight preterm, and typically developing childrenThe process of speech erasing in subjects with verbal dispraxy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista CEFAC

On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

MEZZOMO, Carolina Lisbôa; MOTA, Helena Bolli; DIAS, Roberta Freitas  and  GIACCHINI, Vanessa. Fatores relevantes para aquisição da coda lexical e morfológica no português brasileiro. Rev. CEFAC [online]. 2010, vol.12, n.3, pp.412-420.  Epub Feb 26, 2010. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462010005000008.

OBJETIVO: analisar as variáveis relevantes na aquisição das codas, morfológica (ex. cadeiras) e lexical (ex. lápis), quando preenchidas pela fricativa /S/ em final de palavra. MÉTODOS: verificaram-se os dados de fala de 15 crianças, 10 meninas e 5 meninos, entre 1:7 e 3:7, falantes monolíngues do português brasileiro, gravados quinzenalmente por um período de um ano. Os dados de fala foram obtidos por meio de atividades lúdicas, transcritos e revistos. Estes foram submetidos à análise estatística através do uso do Pacote Computacional VARBRUL. RESULTADOS: o programa selecionou, para ambas as codas as variáveis, classe gramatical e sexo, como relevantes a produção correta. Dentre as classes gramaticais, pronomes e advérbios, foram apontados como favorecedores à produção correta para os dois tipos de coda. Somado a essas, o programa selecionou também para coda lexical a classe dos substantivos, e para coda morfológica a classe dos numerais. As variáveis, tonicidade e contexto precedente mostraram-se favorecedoras da produção das codas lexicais, com maior probabilidade de realização correta quando há uma sílaba tônica e o contexto precedente for composto por vogal dorsal. A idade foi considerada uma variável favorecedora na produção da coda morfológica, com resultado estaticamente significante nas crianças mais velhas. CONCLUSÃO: observou-se que a classe gramatical e o sexo são importantes no domínio de ambos os tipos de coda, no entanto, o processo de domínio de /S/ nos dois casos mostrou variáveis distintas, podendo-se inferir que a criança as trata de maneira singular no seu processo de aquisição.

Keywords : Fala; Desenvolvimento Infantil; Comportamento Verbal; Linguística.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License