SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número6Reconhecimento de sentenças no ruído, em campo livre, em indivíduos com e sem perda auditivaAdaptação para a língua Portuguesa e aplicação de protocolo de avaliação das disartrias de origem central em pacientes com Doença de Parkinson índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

BECKER, Karine Thaís et al. O Efeito da lateralidade em teste de fala no ruído em normo-ouvintes. Rev. CEFAC [online]. 2011, vol.13, n.6, pp.1048-1055.  Epub 03-Jun-2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000044.

OBJETIVO: verificar o efeito da lateralidade em teste monoaural, na presença de ruído competitivo, que utiliza sentenças como estímulo em indivíduos normo-ouvintes. MÉTODO: 81 indivíduos normo-ouvintes, com idades entre 18 e 44 anos, divididos em 2 grupos de acordo com a lateralidade - 45 indivíduos destros e 36 canhotos -, foram avaliados por meio do teste Listas de Sentenças em Português (LSP), e obtida a relação sinal-ruído (S/R) para cada orelha. RESULTADOS: os valores médios obtidos para as relações S/R na orelha direita, para os indivíduos destros e canhotos, foram, respectivamente, -6,5 dB e -4,5 dB. Para a orelha esquerda, foram -7,0 dB e -7,5 dB. As orelhas direitas apresentaram resultados significantemente piores, tanto nos indivíduos destros, como nos canhotos. No entanto a orelha direita dos canhotos foi sensivelmente pior em comparação a dos destros. CONCLUSÃO: existe diferença quanto ao reconhecimento de fala, na presença de ruído competitivo, em indivíduos destros e canhotos. A orelha direita apresentou pior desempenho em ambos os grupos, sendo que esse resultado negativo é mais acentuado nos canhotos.

Palavras-chave : Audição; Fala; Percepção da Fala; Lateralidade Funcional; Dominância Cerebral.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons