SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue6Analysis of the risk factors for stuttering in disfluent children without familial recurrencePerinatal, cognition and social aspects and their relationships with learning problems author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista CEFAC

On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

OLIVEIRA, Jáima Pinheiro de  and  NATAL, Rosyane Meyre Pimenta. A linguagem escrita na perspectiva de educadores: subsídios para propostas de assessoria fonoaudiológica escolar. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.6, pp. 1036-1046.  Epub July 29, 2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000076.

OBJETIVO: descrever uma proposta que contribua para o planejamento de ações de promoção de saúde em Fonoaudiologia Educacional, com base em uma investigação de concepções de educadores, acerca do processo de desenvolvimento da linguagem escrita. MÉTODO: estudo descritivo realizado por meio da aplicação de questionários em dezenove professores do Ensino Fundamental de três escolas da rede pública de uma cidade do interior do Estado do Paraná. Os questionários continham perguntas acerca do processo de desenvolvimento da linguagem escrita, bem como fatores que o favorecem e/ou dificultam. A análise de dados foi feita por meio da transcrição e tabulação de respostas discursivas e de múltipla escolha. A partir do conteúdo apresentado nas respostas, foram criadas categorias temáticas a serem discutidas. RESULTADOS: foram constatados sete (35%) relatos de que o processo de desenvolvimento da linguagem escrita inicia-se na fase escolar; O contato com materiais escritos foi citado doze (30%) vezes como apoio para o desenvolvimento da linguagem escrita; Os aspectos individuais foram relatados dezesseis (38%) vezes como causas das dificuldades de aprendizagem; E, houve doze (39%) relatos de encaminhamentos a outros profissionais como solução para essas dificuldades. CONCLUSÃO: os educadores possuem carência de conhecimentos fundamentais para a sua prática pedagógica, no que concerne o processo de alfabetização, muito embora a maioria tenha formação condizente com o que é preconizado pela LDB. Não é possível generalizar tal conclusão, em função da pequena amostra do estudo.

Keywords : Fonoaudiologia; Promoção da Saúde; Professor; Linguagem Infantil.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese