SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número5Audição, zumbido e qualidade de vida: um estudo pilotoPostura, tônus e mobilidade de lábios e língua de crianças respiradoras orais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

ANGRISANI, Rosanna Mariangela Giaffredo et al. Triagem auditiva neonatal com emissões otoacusticas e reflexo cocleo-palpebral: estudo da sensibilidade e especificidade. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.5, pp. 844-852.  Epub 14-Out-2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000108.

OBJETIVO: analisar a especificidade e sensibilidade da TAN com emissões otoacústicas evocadas por estimulo transiente (EOAT) associadas à pesquisa do reflexo cócleo-palpebral (RCP), comparando-os aos resultados do Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefalico (PEATE). MÉTODO: a casuística do presente estudo foi composta por 369 RN de risco para deficiência auditiva que foram submetidos à triagem com a captação das emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente e pesquisa do reflexo cócleo- palpebral. Os resultados foram comparados aos resultados do Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefalico (PEATE). RESULTADOS: a incidência do tipo da perda auditiva na população geral foi de 4RN (1,1%) com perda coclear, 22 (5,9%) com perda condutiva, 2 (0,5%) com espectro da neuropatia auditiva (ENA), 14 (3,8%) com alteração central e 15 (4,1%) com atraso de maturação da via auditiva. A TAN mostrou 100% de sensibilidade e 94,6% de especificidade na detecção de alterações cocleares e espectro da neuropatia auditiva; 77,3% de sensibilidade e 94,6% de especificidade na detecção de alterações condutivas e 42,9% de sensibilidade e 94,6% de especificidade na detecção de alterações centrais. Todos os achados evidenciaram diferenças estatisticamente significantes em relação aos neonatos auditivamente normais. CONCLUSÃO: este protocolo de TAN mostrou-se eficaz na detecção de RN com alterações de cocleares e espectro da neuropatia auditiva com sensibilidade e especificidade elevadas.

Palavras-chave : Recém-nascido; Triagem Neonatal; Emissões Otoacústicas Espontâneas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português