SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3Evaluation of phonological working memory and impulsivity of drugs users treated at an integrated care center for mental healthEffectiveness of a vocal improvement program for teachers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista CEFAC

On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

BRANCALIONI, Ana Rita; MAGNAGO, Karine Faverzani  and  KESKE-SOARES, Márcia. Validação de um modelo linguístico fuzzy para classificar a gravidade do desvio fonológico. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.3, pp. 448-458.  Epub Aug 26, 2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000094.

OBJETIVO: verificar se os critérios adotados no Modelo Linguístico Fuzzy, para classificar a gravidade do Desvio Fonológico (DF), são empregados na prática fonoaudiológica e se estão de acordo com a finalidade do Modelo. Além disso, analisar a concordância entre a gravidade do DF classificada pelo Modelo e a julgada por fonoaudiólogas, bem como, verificar as principais dificuldades. MÉTODO: a pesquisa foi constituída por duas amostras. A primeira composta por um número representativo de sistemas fonológicos desviantes (n=52) classificados pelo Modelo quando o mesmo foi proposto. A segunda por dois grupos de fonoaudiólogas GF-I e GF-II. Foi solicitado que as fonoaudiólogas julgassem a gravidade dos sistemas fonológicos desviantes, mapeados no Modelo Implicacional de Complexidade de Traços - MICT, em Grave, Moderado-Grave, Moderado-Leve e Leve. Em seguida os critérios e as principais dificuldades foram descritas em um questionário. Empregou-se a Estatística Kappa, com nível de significância de p<0,05. RESULTADOS: os critérios utilizados na proposta, em geral, foram utilizados pelo GF-I e julgados adequados pelo GF-II. Verificou-se concordância entre a classificação da gravidade obtida pelo Modelo com a julgada pelas fonoaudiólogas. Quanto às dificuldades, a frequentemente relatada foi diferenciar graus intermediários. CONCLUSÕES: os critérios utilizados no Modelo Linguístico Fuzzy são empregados para classificar a gravidade do DF quando realizada com base no MICT. Além disso, os critérios empregados estão de acordo, cumprindo com a finalidade do Modelo. Diante das dificuldades, outras formas de classificar a gravidade podem ser agregadas a fim de caracterizar o DF sobre outros aspectos importantes.

Keywords : Estudos de Validação; Distúrbio da Fala; Fala; Índice de Gravidade de Doença; Classificação.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese