SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número4Desempenho de crianças e adolescentes em tarefas envolvendo habilidade auditiva de ordenação temporal simplesProtocolo de Observação Comportamental - PROC: valores de referência para uma análise quantitativa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

ANDREAZZA-BALESTRIN, Carla; CIELO, Carla Aparecida; VOLCAO, Cristiane Lazzarotto  e  LASCH, Sabrina Schützenhofer. Habilidades em consciência fonológica: diferenças no desempenho de meninos e meninas. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.4, pp. 669-676.  Epub 08-Jul-2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000070.

OBJETIVO: verificar se existem diferenças entre meninas e meninos pré-escolares e em processo de alfabetização, quanto ao desempenho em tarefas de consciência fonológica (CF). MÉTODO: a amostra foi constituída de 75 crianças do sexo masculino e 88 do sexo feminino, com idades entre 5:6 e 8:0, avaliadas por meio de questionário enviado aos pais, triagem fonoaudiológica completa, avaliação do nível intelectual, do nível de escrita e das habilidades em CF. A análise estatística foi realizada pelos testes: ANOVA de Duas Vias complementado pelo teste Tukey, e Teste t de Student. RESULTADOS: o sexo feminino apresentou significância positiva nas tarefas: segmentação silábica com palavras quadrissílabas (p=0,03); detecção silábica posição inicial (p=0,05), posição final (p=0,01) e posição medial (p=0,04). Na análise percentual da média de acertos por tarefa, o desempenho dos meninos foi superior apenas nas tarefas de segmentação de frases em palavras com duas (média=7,52), três (média=5,79), quatro (média=4,56), cinco (média=3,93) e seis palavras (média=3,56), e no realismo nominal (média=8,93). CONCLUSÕES: encontrou-se desempenho significantemente superior das meninas em tarefas de segmentação silábica com quadrissílabos e de detecção silábica. Em análise qualitativa, as meninas obtiveram médias mais elevadas em todas as tarefas de consciência e rimas, de sílabas e de fonemas.

Palavras-chave : Linguagem; Estudos de Linguagem; Consciência; Feminino; Masculino.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português