SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número4Comunicação humana e saúde da criança: reflexão sobre promoção da saúde na infância e prevenção de distúrbios fonoaudiológicosDisfonia infantil: hábitos prejudiciais à voz dos pais interferem na saúde vocal de seus filhos? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

MEDEIROS, Adriane Mesquita de; ASSUNCAO, Ada Ávila  e  BARRETO, Sandhi Maria. Alterações vocais e cuidados de saúde entre professoras. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.4, pp.697-704.  Epub 22-Dez-2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000146.

OBJETIVO: conhecer os fatores associados à busca de assistência vocal entre professoras. MÉTODO: participaram 1.980 professoras do ensino fundamental diurno de 76 escolas públicas. Os dados foram coletados entre maio de 2004 e julho de 2005 por meio de questionário. A variável dependente referiu-se a questão "Nas duas últimas semanas, você procurou médico/fonoaudiólogo por causa de problemas na voz?" As variáveis independentes foram: sintomas de cansaço vocal e de piora na qualidade vocal, aspectos sociodemográficos, aspectos de saúde, percepção de ruído na sala de aula e na escola, ausência e afastamento do trabalho por problemas de voz, trabalho em outra atividade com uso intensivo da voz. A regressão logística foi utilizada para a análise das associações entre a variável dependente e os fatores de interesse com magnitudes estimadas usando-se o odds ratio, com intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: apenas 7% das professoras buscaram assistência no período de 15 dias. A procura por assistência foi associada ao ruído elevado na sala de aula, relato de piora na voz, problemas de vias aéreas superiores e ausência do trabalho por causa da voz. O presente trabalho mostrou que o comportamento recente é precipitado pela piora ou superposição de problemas vocais e respiratórios. CONCLUSÃO: a procura ou não pela assistência à saúde articula-se a fatores relacionados a outras dimensões além do adoecimento. Portanto, questões referentes ao uso de serviços de saúde como um processo dinâmico e relacionado ao distúrbio da voz devem ser abordadas em pesquisas futuras.

Palavras-chave : Distúrbios da Voz; Docentes; Assistência à Saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons