SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número4Disfonia infantil: hábitos prejudiciais à voz dos pais interferem na saúde vocal de seus filhos?Indicações e uso da técnica "sonda-dedo" índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

GAMA, Ana Cristina Côrtes et al. Adesão a orientações fonoaudiológicas após a alta do tratamento vocal em docentes: estudo prospectivo. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.4, pp. 714-720.  Epub 30-Set-2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000105.

OBJETIVO: investigar a adesão a orientações fonoaudiológicas de professores da rede municipal de ensino que foram atendidos no Ambulatório de Voz do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais e que receberam alta da fonoterapia. MÉTODO: foi realizada entrevista por meio de telefone a 39 pacientes atendidos no período de agosto de 2007 a dezembro de 2008 no Ambulatório de Voz do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais. A entrevista visou analisar a adesão a orientações após alta fonoterápica. RESULTADOS: os resultados desta pesquisa apontam que 34 pacientes (87,1%) referem seguir as orientações fonoaudiológicas, quatro (10,2%) seguem parcialmente e um (2,5%) refere não seguir. CONCLUSÃO: os professores, em sua maioria, aderem às orientações fonoaudiológicas após alta fonoterápica. Os resultados sugerem que a terapia fonoaudiológica favorece a manutenção de um comportamento vocal saudável.

Palavras-chave : Voz; Distúrbios da Voz; Adesão do Paciente; Fonoaudiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português