SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número4Eficácia da intervenção fonoaudiológica para atenuar o envelhecimento facial índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

LAMONICA, Dionísia Aparecida Cusin; FERREIRA, Amanda Tragueta; PRADO, Lívia Maria do  e  CRENITTE, Patrícia de Abreu Pinheiro. Desempenho psicolinguístico e escolar de irmãos com mielomeningocele. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.4, pp. 763-769.  Epub 30-Set-2011. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462011005000103.

TEMA: mielomeningocele e consequências para o desenvolvimento de habilidades psicolinguísticas e escolares. PROCEDIMENTOS: o objetivo deste estudo foi descrever e refletir sobre o desempenho psicolinguístico e escolar de irmãos com mielomeningocele lombar baixa. Participaram do estudo um menino de 14 anos e 5 meses (P1) e sua irmã de 6 anos e 6 meses (P2). Os procedimentos constaram de entrevista com familiares, Observação do Comportamento Comunicativo (OCC), Teste de Vocabulário por Imagens Peabody - TVIP, Teste Illinóis de Habilidades Psicolinguísticas (ITPA), Perfil de Habilidades Fonológicas (PHF), Teste de Desempenho Escolar (TDE), e Reconhecimento de letras e números (RLN). A análise dos resultados foi descritiva respeitando os manuais dos instrumentos. RESULTADOS: a linguagem oral encontra-se sem alteração evidente. No ITPA e PHF, verificou-se que P1 e P2 apresentaram dificuldade nas habilidades de memória, closura auditiva, expressão verbal, combinação de sons e consciência fonológica. P1 ainda apresentou dificuldade na habilidade de recepção visual e P2 nas habilidades de associação auditiva e closura gramatical. Ambas as crianças apresentaram alteração nas atividades de aprendizagem. CONCLUSÃO: os participantes do estudo apresentaram comportamento comunicativo, habilidades de linguagem oral e vocabulário receptivo sem alterações evidentes. P1 e P2 apresentaram alterações nas habilidades psicolinguísticas bem como no desempenho de atividades envolvendo leitura, escrita e aritmética. As dificuldades apresentadas causam impacto importante nas atividades acadêmicas, demonstrando vulnerabilidade cerebral no sistema de suporte para atividade de aprendizagem.

Palavras-chave : Meningomielocele; Avaliação de Desempenho; Desenvolvimento da Linguagem; Aprendizagem.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português