SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue5Cross-sectional study on voice self-assessment, and quality of life in voice of female teachersContributions to the elaboration of a phonetically balanced text for the European-Portuguese author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista CEFAC

On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

PRESTES, Tatiane; PEREIRA, Eliane Cristina; BAIL, Denise Ienk  and  DASSIE-LEITE, Ana Paula. Desvantagem vocal em cantores de igreja. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.5, pp. 901-909.  Epub Apr 26, 2012. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462012005000035.

OBJETIVO: avaliar a desvantagem vocal de cantores amadores de coros de igreja. MÉTODO: participaram 42 cantores de coros amadores de igrejas, sendo 20 homens e 22 mulheres, com idades entre 18 e 59 anos. Todos responderam a um questionário contendo perguntas sobre autopercepção vocal e práticas de canto, e ao protocolo Índice de Desvantagem para o Canto Moderno (IDCM), composto por 30 questões referentes às subescalas incapacidade, desvantagem e defeito. Foi realizada triagem perceptivo-auditiva para classificação das vozes em adaptadas ou alteradas e mensuração dos graus De alteração. RESULTADOS: a pontuação total média obtida no IDCM foi 23 pontos. Os maiores escores foram obtidos na subescala "defeito" (10,9), seguido por "incapacidade" (7,6) e "desvantagem" (4,5), com diferença entre elas (p= 0,001). Cantores que nunca realizaram aula de canto apresentaram maiores escores no domínio "desvantagem" (p=0,003). À medida que o escore total do IDCM aumentou, a nota atribuída pelo cantor em relação à própria voz diminuiu (p= 0,046). Participantes com qualidade vocal alterada apresentaram maiores escores nas subescalas incapacidade e desvantagem e no domínio total do IDCM quando comparados aos que apresentavam qualidade vocal adaptada (p=0,012, p=0,049 e p=0,015, respectivamente). Além disso, quanto maior o grau de alteração vocal, maiores foram os escores referentes à subescala incapacidade (p=0,022). CONCLUSÃO: cantores de igreja apresentam desvantagem vocal importante. Quando apresentam alterações vocais, esta desvantagem é ainda maior. Quanto maior o grau de alteração vocal, maiores as limitações referentes à voz cantada. Aulas de canto parecem minimizar a desvantagem vocal nessa população.

Keywords : Voz; Distúrbios da Voz; Hábitos; Música.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese