SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue5Total nasal obstruction: a morphofunctional case study of post blastomicose palato and pharynx's lesionAccess to service of speech therapy: implementing the embracement practice in Toledo City - PR author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista CEFAC

On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

JESUS, Leila Bonfim de  and  BERNARDES, Daniele Fontes Ferreira. Caracterização funcional da mímica facial na paralisia facial em trauma de face: relato de caso clínico. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.5, pp. 971-976.  Epub Jan 31, 2012. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462012005000005.

TEMA: mímica facial na paralisia facial ocasionada por trauma de face. PROCEDIMENTOS: estudo de caso da mímica facial de um paciente com paralisia facial periférica no lado direito com sequelas decorrente de trauma por projétil de arma de fogo, adulto jovem do sexo masculino, comerciante autônomo. Foi realizada análise documental e fotográfica por meio de anamnese, avaliação e escala de graduação de da paralisia facial House e Brackmann. RESULTADOS: na avaliação da paralisia facial em repouso encontrou-se no lado direito (lesado): desvio de comissura labial, desvio de filtro, narina mais elevada e olho mais aberto. Em movimento, ainda no lado da lesão, observou-se: abolição de rugas frontais, incompetência no fechamento ocular natural e fechamento completo ao forçar, ausência de elevação de narina, rima naso-labial mais pronunciada, protrusão labial desviada para este lado, pouca retração labial, eversão de lábio inferior, comissura labial elevada, desvio de filtro, reduzida capacidade de inflar bochechas. O paciente apresentou sincinesia de olho/lábios e contratura com hipertonia de frontal, prócero, levantador da asa do nariz, risório, zigomático maior, zigomático menor, levantador do lábio superior, depressor do lábio inferior, mentual no lado da lesão e a fratura ocorreu em côndilo direito e o paciente referiu dor orofacial ao dormir e ao mastigar no lado comprometido. CONCLUSÃO: a lesão do nervo facial associada ao trauma de face provocou a alteração da mímica facial no lado direito o que gerou desfiguramento e distúrbios da mastigação.

Keywords : Nervo Facial; Paralisia Facial; Músculos Faciais; Ferimentos por Arma de Fogo.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese