SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número5Comportamento reológico e nomenclatura dos alimentos utilizados por fonoaudiólogos de serviços de disfagiaPrevalência de desvio fonológico em crianças de 4 a 6 anos de Escolas Municipais de Educação Infantil de Canoas RS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista CEFAC

versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

SUSIN, Fernanda Pellin et al. Perfil de pacientes com paralisia cerebral em uso de gastrostomia e efeito nos cuidadores. Rev. CEFAC [online]. 2012, vol.14, n.5, pp. 933-942.  Epub 22-Mar-2012. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462012005000016.

OBJETIVO: caracterizar o perfil de pacientes com paralisia cerebral em uso de gastrostomia e verificar o efeito que tal procedimento ocasiona nos cuidadores. MÉTODO: foi realizado estudo transversal de caráter qualitativo e quantitativo. A pesquisa foi feita com pacientes do Hospital da Criança Santo Antônio - Complexo Hospitalar Santa Casa que tivessem diagnóstico médico de Paralisia Cerebral (PC) em uso de gastrostomia. Foi aplicado um questionário aos cuidadores contendo questões quantitativas, qualitativas e dados sobre a caracterização da amostra. RESULTADOS: houve predominância de renda mensal de até dois salários mínimos, e uma configuração familiar caracterizada pelo pai trabalhar e a mãe não atuar no mercado de trabalho. Dentre os motivos para a indicação do procedimento, a dificuldade de deglutição esteve presente entre todos os sujeitos, seguido das pneumonias de repetição e baixo peso. Observa-se um grande número de pacientes que fizeram uso de sonda antes da gastrostomia, com tempo de permanência acima de um mês. Destacam-se os principais benefícios observados com a colocação da gastrostomia: ganho de peso, diminuição dos problemas respiratórios e redução de internações. A partir dos relatos dos cuidadores percebe-se a ocorrência de sentimentos como de medo do desconhecido, resistência e aceitação, dificuldades e benefícios. CONCLUSÃO: observa-se que problemas de alimentação são frequentemente encontrados como indicação para colocação de gastrostomia em crianças com PC. Os cuidadores sentem medo quanto à impossibilidade de alimentar a criança pela via oral. Porém, após a cirurgia, grande parte deles relatou benefícios, como por exemplo, ganho de peso e redução das internações.

Palavras-chave : Gastrostomia; Paralisia Cerebral; Transtorno da Deglutição; Reabilitação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês