SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue1Curricular supervised traineeship: perceptions of student-therapist in Speech, Language and Hearing Sciences in a hospitalAnalyzing the functions of speech therapists of NASF in Recife metropolitan region author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista CEFAC

On-line version ISSN 1982-0216

Abstract

CALDEIRA, Helena Jesini Meira et al. Prevalência de alterações de fala em crianças por meio de teste de rastreamento. Rev. CEFAC [online]. 2013, vol.15, n.1, pp.144-152.  Epub May 22, 2012. ISSN 1982-0216.  http://dx.doi.org/10.1590/S1516-18462012005000039.

OBJETIVO: conhecer a prevalência de alterações de fala em crianças que frequentam o 1º ano do ensino fundamental em escolas públicas de Montes Claros - MG no ano de 2010, por meio de teste de rastreamento, verificar os resultados da triagem com a variável sexo e conhecer os principais processos fonológicos presentes nas crianças pesquisadas. MÉTODO: utilizou-se o Teste de Rastreamento de Distúrbios Articulatórios de Fala - TERDAF adaptado, um instrumento validado para este fim. Os alunos foram selecionados aleatoriamente para a aplicação do teste. RESULTADOS: foram avaliadas 404 crianças com média de idade de seis anos e cinco meses, 52,0% eram do sexo feminino. A prevalência de alterações de fala foi de 33,7%. Pode-se observar presença de ceceio em 8,4% das crianças. Dos 137 alunos com alguma alteração nos processos fonológicos, os mais utilizados foram: substituição de /λ/ por /i/ ou /y/, /l/ por /r/, /z/ por /s/ e omissão do /l/ e /r/. A chance de alterações de fala em crianças do sexo masculino foi 2,53 vezes àquela do sexo feminino. A média do tempo gasto durante o teste foi de um minuto e dezoito segundos. Conclusão: a prevalência de crianças com alterações de fala está em acordo com outros estudos. Ações do profissional fonoaudiólogo em pareceria com educadores contribuem para facilitar a aprendizagem como medida preventiva.

Keywords : Prevalência; Transtornos da Articulação; Programas de Rastreamento; Fonoaudiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License