SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 suppl.1Aquisição da sílaba consoante vogal (CV) por crianças com desenvolvimento fonológico típico e atípicoA produção do onset complexo: aquisição guiada pela sílaba ou pelo segmento? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista CEFAC

versão impressa ISSN 1516-1846versão On-line ISSN 1982-0216

Resumo

GIACCHINI, Vanessa  e  MOTA, Helena Bolli. Comparação entre a classificação com base em traços e o percentual de consoantes corretas no desvio fonológico. Rev. CEFAC [online]. 2015, vol.17, suppl.1, pp.72-77. ISSN 1516-1846.  http://dx.doi.org/10.1590/1982-0216201517s10413.

OBJETIVO:

verificar se existe diferença entre as classificações de gravidade do desvio fonológico obtido por meio do Percentual de Consoantes Corretas-Revisado e a classificação qualitativa baseada em traços.

MÉTODOS:

avaliaram-se dados de fala pré-terapia de 38 sujeitos cujos sistemas fonológicos foram classificados segundo a avaliação quantitativa Percentual de Consoantes Corretas-Revisado (Leve, Levemente-moderado, Moderadamente-grave, Grave) e avaliação qualitativa baseada em traços (Leve, Moderado, Moderado-Severo, Severo). Os dados foram analisados por tabelas de frequência e por meio do teste estatístico qui-quadrado (p<0,05).

RESULTADOS:

na avaliação geral verificou-se uma baixa concordância entre os resultados obtidos com a avaliação qualitativa e a quantitativa dos desvios fonológicos, apenas 34,79% de concordância nas avaliações. Na análise por graus de gravidade, observou-se que os graus extremos (Leve e Severo) obtiveram praticamente a mesma classificação com ambas as propostas, ao contrário do observado nos graus intermediários.

CONCLUSÃO:

com base nos resultados ressalta-se a importância de avaliações conjuntas, que aliem medidas quantitativas com qualitativas, principalmente para a diferenciação e caracterização dos graus intermediários de gravidade do desvio fonológico.

Palavras-chave : Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem; Avaliação; Diagnóstico; Índice de Gravidade de Doença; Classificação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )